O possível futuro das redes sociais

Transmissão ao vivo

O envio de vídeo ao vivo do Facebook levará o acordo ao padrão e padronizará sua utilização, impulsionando o desenvolvimento da organização em vários canais. As pessoas utilizarão o palco para compartilhar seus encontros, e as marcas utilizarão o jorrar ao vivo para dar acesso “seleto” a ocasiões e identidades. O Jabber é uma administração de spilling ao vivo em desenvolvimento que faz conversas de vídeo ao vivo e abertas com até quatro pessoas e é simples de fazer.

Singularidade

O Facebook está incessantemente aprimorando e desenvolvendo sua base e fortalecendo sua predominância, mas já pensam sobre a próxima mídia que tomará o seu lugar, como pode ser visto no seguinte link. Afinal nenhuma mídia social é eterna, afinal tudo muda mesmo a próxima mídia social. Então, novamente, o Twitter, uma organização que parecia implacável há alguns anos, dá a impressão de estar em um padrão negativo, já que não oferece nada que etapas diferentes também não ofereçam. Portanto, é importante refletir sobre o assunto, pois os estágios sociais de ponta não podem simplesmente imitar a equação de conquista dos outros.

Marketing Prescient

Até o momento, os anunciantes geralmente tentam veicular ofertas para indivíduos que fizeram uma mudança, como por exemplo um site. Posteriormente, as marcas que utilizam recursos intelectuais artificiais em vista de pilhas de informações terão a capacidade de observar em que organização básica de liderança está o comprador, antecipar a etapa seguinte e promover as ofertas que as levarão à fase seguinte do ciclo de compras. A vida baseada na Internet se encaixa particularmente na utilização de dispositivos de “promoção presciente”.

Experiências Imersivas

“Inundação” capacita os clientes a incorporar a vida baseada na web mais profundamente em suas vidas diárias. A explosão de celulares, aplicativos que possibilitam o “check-in”, rótulos geográficos e a melhoria da inovação da realidade virtual promovem encontros imersivos. Métodos novos e mais consistentes de interface com os compradores continuarão a misturar vida real e internet.