Como back-end e front-end se conectam

Desenvolver na web inclui vários intervalos de habilidades, e existem vários tipos de conhecimentos dentro do espaço de avanço da web. Três termos utilizados regularmente são “front end”, “back end” e “full stack”.

Front-end basicamente utiliza HTML, CSS e JavaScript, já o back-end pode depender de um escopo de linguagens de programação e de estruturas mais complexas.

O código de back-end adiciona utilidade a tudo que o front-end faz.

O back-end é uma mistura de um banco de dados e um produto escrito em uma linguagem do lado do servidor, que é mantido em execução em servidores da Web, servidores baseados em nuvem ou uma mistura de ambos. A configuração do servidor de um sistema pode diferir, com a carga de trabalho do lado do servidor particionada entre máquinas diferentes (por exemplo, um servidor comprometido em hospedar o banco de dados).

Entenda como tudo se conecta

Esse aplicativo do lado do servidor coopera diretamente com o banco de dados por meio de uma interface de programação de aplicativo (API), que extrai, poupa ou altera informações. As informações são retornadas e alteradas no código de front-end com o qual um cliente se associa: arredondando uma forma, criando um perfil, fazendo compras na Web e assim por diante. Em geral, qualquer coisa que você vê em um site é influenciada pela possibilidade de back-end para o código, que existe e é controlado por um servidor.

O que os desenvolvedores back-end utilizam no dia a dia de trabalho

Os designers de back-end fazem e mantêm todo o trabalho de back-end ilustrado anteriormente. O engenheiro de back-end toma um código de front-end completo e oferece a ele utilidade operacional – por exemplo, fazer estimativas em um menu drop-down concebível construindo a estrutura que extrai as estimativas do banco de dados. Pode parecer complexo, mas há quem ame fazer isso.